As surpresas em Roma não terminam nunca. E nem precisa ser algo que está enterrado há mais de 2 mil anos. Pode ser um bunker da Segunda Guerra para proteger a família do ditador fascista Benito Mussolini.

Graças ao empenho da associação Sotterranei di Roma é possível visitar os três bunkers no subsolo da Villa Torlonia, última residência de Mussolini antes de sua prisão e da liberação de Roma pelas tropas dos Estados Unidos.

Lá, existem três bunkers. O primeiro, mais um abrigo antiaéreo, foi improvisado a partir de uma antiga adega. Os outros dois foram construídos pelos bombeiros por ordem do Duce e o último – o verdadeiro bunker – nunca foi concluído.

Pelos estudos apresentados, o bunker principal poderia proteger de 6 a 10 pessoas por até 6 horas. Mussolini teria ordenado a construção do abrigo após a visita ao bunker de Hitler em Berlim.

IMG_7176
Bunker da Villa Torlonia: nunca foi usado

Todavia, o bunker nunca chegou a ser utilizado. Durante a visita, ouvimos a gravação original da EIAR (que após a II Guerra viria a ser a RAI) sobre a “renúncia” de Mussolini.

Na verdade, os bombeiros, ao ouvirem a notícia, imediatamente abandonaram a construção do bunker principal. Todavia, o que não sabiam é que Mussolini não havia renunciado e sim preso pelo Rei Vittorio Emanuelle.

Seis metros abaixo do solo, conhecemos ainda um pouco da história de Roma durante a Segunda Guerra Mundial. Pode-se ver o mapa com os abrigos antiaéreos públicos da cidade e o testemunho deixado nas paredes pelos romanos que neles se refugiaram.

IMG_7175
Sineres antiaéreas em Roma

Uma foto dos aliados mostra as primeiras bombas que caíram sobre Roma e a destruição da cidade, principalmente do bairro de San Lorenzo.

É possível ainda ver as antigas sirenes antiaéreas e saber que uma delas ainda está “ativa” no alto de um prédio no centro da cidade.

Cópias dos documentos sobre a operação Dux que pretendia matar o Duce ao bombardear a Villa Torlonia também estão expostos.

Assim como cópias de cartas da inteligência alemã que confirma a existência de um bunker no Vaticano – sempre negado pela Santa Sé.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s