Cidadania italiana: acordo vai reduzir burocracia nos consulados italianos no Brasil

Cidadania italiana: acordo vai reduzir burocracia nos consulados italianos no Brasil

A recente adesão do Brasil ao Pacto de Haia, que extingue a legalização de documentos civis nacionais para processos no exterior, terá incidência direta sobre o tempo do processo de reconhecimento de cidadania nos consulados italianos no Brasil.

“A burocracia do processo vai cair em torno de 50%”, afirma a deputada no Parlamento italiano, Renata Bueno.

O prazo para a emissão da regulamentação brasileira do acordo é de 8 meses, e deverá entrar em vigor junto com a regulamentação internacional, a partir de julho de 2016.

Atualmente, em média, a espera para obter o reconhecimento da cidadania italiana por meio de uma das 7 agências consulares italianas no Brasil, é de cerca de 10 anos.

passaporto_0

“Este ano também conseguimos que o governo italiano mande mais 2 milhões de euros para que os consulados possam melhorar os serviços. Temos feito o possível para que esta situação crítica ao menos melhore”, enfatizou a deputada ítalo-brasileira eleita na circunscrição eleitoral italiana da América Meridional.

O processo de reconhecimento da cidadania italiana pode ser feito tanto no Brasil como na Itália. Todavia, com as grandes filas enfrentadas nos consulados no Brasil, a deputada afirma que na Itália o processo é mais rápido.

“Convém fazer na Itália. Mas isso tem um custo, principalmente de estar aqui, de ‘morar’ na Itália. Mesmo assim, quem faz pelo Brasil também tem que pagar uma taxa de 300 euros por cada pedido, o que não acontece na Itália”, recordou Bueno.

Informações completas sobre o reconhecimento da cidadania italiana podem ser encontrados no site do Ministério das Relações Exteriores italiano