L’Aquila, cidade-fantasma

Três anos após o terremoto de 5.9 na escala Richter, que deixou 308 mortos e milhares de feridos, o centro histórico de L’Aquila virou uma cidade fantasma. Na praça, o som do rádio tenta quebrar o silêncio imposto pelo isolamento. É possível passar por algumas partes atingidas pelo terremoto, mas a chamada Zona Vermelha – que ainda oferece riscos – é controlada pelo exército.

O ar de tristeza está até no olhar dos animais, poucos, que como outros poucos moradores tentam em vão recuperar as rotinas que as profundezas sacudiram para sempre. Perdeu-se a esperança. Algumas colchas de retalhos tentam trazer de volta um pouco de cor mas logo ao lado fotos da tragédia sobrepostas mostram como era a vida na cidade antes do terremoto.

Lembranças que ainda estão a flor da pele, principalmente dos moradores que naquela madrugada viram ruir suas vidas, tendo que deixar para trás suas histórias e pessoas amadas. Num mural improvisado, os visitantes e moradores podem deixar uma mensagem. Para dizer, “Eu me lembro”, a maioria dos bilhetes traz a palavra Amarcord, imortalizada por Fellini na forma do dialeto romanesco para “Io mi ricordo”, do italiano.

Muito já foi feito na recuperação, mas as rachaduras ainda estão expostas a sangue aberto. As gruas gigantes dominam o skyline, mas aqui nenhum arranha-céu está sendo construído: elas auxiliam os operários a colocar novamente em pé construções seculares.

– Posso gravar uma entrevista com vocês, pergunta um jornalista do Il Fatto Quotidiano.

– Desculpe, mas moramos em Roma.

Ele queria saber sobre as eleições municipais. Talvez a pergunta seria o que é possível fazer, politicamente, para dar novas asas à águia dos Abruzzi.

Anúncios

2 comentários sobre “L’Aquila, cidade-fantasma

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s