Liga Árabe dá ultimato à Síria

Roma – A Liga Árabe, reunida nesta quarta-feira em Rabat, no Marrocos, concedeu três dias para que Damasco acabe com a repressão, caso contrário serão impostas novas sanções. A decisão foi comunicada pelo Primeiro-Ministro do Catar, Hamad bin Jassim, que anunciou ainda o desligamento da Síria da Liga Árabe.

A Síria havia sido convidada para a reunião na capital marroquina, mas se negou a participar. Enquanto isso, em Damasco, defensores do regime do presidente Bashar al-Assad promoviam novos ataques a embaixadas de países que condenam a repressão na Síria.

Manifestantes a favor do presidente Bashar em Damasco, ontem.

O isolamento internacional da Síria é cada vez mais evidente. Nesta quarta-feira a França retirou seu embaixador do país. A Turquia, em conversas com a Liga Árabe, também acatou possíveis novas sanções e ambos descartaram uma intervenção militar.

Maria Grazia Enardu, especialista em Relações Internacionais da Universidade de Florença, diz que a decisão da Liga Árabe é um “sinal forte”, entretanto, os países que podem realmente interferir na Síria não são os países árabes.

“O país mais importante, sem dúvidas, é a Turquia, que fornece à Síria bens e serviços, tais como eletricidade – e já avisou que poderá cortá-la – e, sobretudo, fornece e recebe mercadorias. Talvez ainda mais importante, apesar de estar longe geograficamente, seja o papel da Rússia. Isso porque depois do fim do regime na Líbia, onde a Rússia tinha direito de usar os portos, agora os russos tem apenas um porto no Mediterrâneo, o porto de Tartous, aberto à sua frota para que não precise voltar ao Mar Negro para cada necessidade”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s