Mamma África

A experiencia de poder trabalhar em contato com os colegas dos outros paises lusofonos e incrivel. Confesso que no inicio meu ouvido bruto demorou para se acostumar com o sotaque e com as peculiaridades que a lingua portuguesa adquiriu em cada um desses especiais paises. Angola, Mocambique, Portugal, Guine Bissau, Sao Tome, Cabo Verde… que mundo fascinante!

Ele, o rádio!

Africa, o berço do homem moderno. Continente marcado pelo subdesenvolvimento e, automaticamente, superacao de seus cidadaos. Para nos, do mundo que nao e africano, o velho “raidinho” a pilha pode parecer ultrapassado como fonte de informacao. Na Africa, ao contrario, ele pode ainda fazer uma revolucao – nao daquelas armadas, mas uma revolucao moral, informacional (se existe a terminologia)

Honra maior é de ter trabalhado com um guineense que mais que colega, tornou-se um amigo. Ele, Braima Darame, a grande voz da Guine Bissau, relata abaixo um pouco de como e fazer rádio na Africa, mais especificamente na cidade de Bissau!

Alias, Africa, aí vou eu! 🙂

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s